• CRM Motorsport

Emoções ao rubro no 1º dia do Super Seven by Toyo Tires em Jerez de La Frontera!


  • 4.ª prova da temporada 2021 arrancou com recorde absoluto de 50 inscritos na pista espanhola

  • José Carlos Pires (420R Pro), Nélson Gomes (420R Gentleman), Luís Filipe Oliveira (275R) e Francisco Figueiredo (275R) destacaram-se nas duas corridas deste Sábado

  • Marcadas para este Domingo, derradeiras corridas do fim-de-semana serão transmitidas via live-streaming no canal de YouTube da CRM Motorsport e na página de Facebook do Super Seven by Toyo Tires


Jerez de La Frontera, 6 de Novembro de 2021 – Foi com temperatura amena, ambiente festivo e o sol a brindar a comitiva recorde do Troféu monomarca de maior longevidade do automobilismo nacional que o Super Seven by Toyo Tires iniciou os trabalhos oficiais no Circuito de Jerez de La Frontera. A manhã de sábado desta 4ª ronda da temporada arrancou com duas sessões de treinos cronometrados extremamente competitivas, a que se seguiram duas emotivas corridas e um inédito momento. Em todas elas, o plantel nacional registou a companhia dos concorrentes britânicos da 7 Race Series promovida pela McMillan Motorsport, que como habitualmente trazem um colorido especial à atividade desportiva e a tudo o que ocorre fora dela, embora a sua classificação não afete as contas do campeonato.



Com um paddock apetrechado na dimensão e qualidade das estruturas, e a pista repleta de Caterham graças à lista de inscritos composta por 50 carros, os sorrisos no rosto dos participantes eram indisfarçáveis, pelas emoções registadas ao volante e as muitas histórias que serão carregadas na memória. Uma delas, protagonizada por Luís Filipe Oliveira, que aproveitou o facto de ter vencido a corrida inaugural entre os 275R (e com isso, a oportunidade de subir ao pódio) para realizar um pedido de casamento. Muito aplaudido pelos presentes, o feito voltou a enfatizar o excelente ambiente que se vive na competição da CRM Motorsport, até porque há coisas que só mesmo nas corridas... da ‘Família Seven’!



CORRIDA 1 Beneficiando do facto de saírem da 1ª linha da grelha, José Carlos Pires e Lourenço Monteiro conseguiram segurar atrás de si os adversários na partida. Mas não tiveram vida fácil. Enquanto Pires fazia de tudo para manter a liderança, Monteiro procurava defender-se dos ataques de um comboio endiabrado encabeçado por Luís Calheiros Ferreira.



A luta entre o 3º e o 8º classificado acabou por deixar Pires mais confortável na frente, enquanto o duo do Teaam Nuuorte composto por J. J. Magalhães e Diogo Costa ultrapassava de uma assentada o carro #8 (Calheiros Ferreira). Na 2ª posição permanecia Lourenço Monteiro, que tinha à vista o 1º pódio da sua carreira no Super Seven by Toyo Tires. Já Nuno Afonso e Paulo Macedo desentendiam-se quando rodavam nos sete primeiros, hipotecando as suas hipóteses de traduzirem o bom andamento na classificação. Em sentido inverso caminhava a estratégia de Diogo Tavares, que começava a aproximar-se dos lugares da frente. O piloto da Auto Restelo (Tavares) ultrapassou Diogo Costa e depois J.J. Magalhães para se fixar no último lugar do pódio a poucos minutos da conclusão da corrida. Mas uma investida de J.J. na derradeira volta traria mais uma surpresa, com o titular do Caterham #5 (Magalhães) a suar para reaver um 3º posto que chegou a ser do colega de equipa Diogo Costa e que esteve sempre sob forte ameaça de Luís Calheiros Ferreira!



No final, os 3º, 4º, 5º e 6º classificados (Magalhães, Tavares, Calheiros e Costa) terminaram separados por uma diferença inferior a dois segundos, numa corrida vencida por José Carlos Pires, secundada por Lourenço Monteiro e em que os pilotos portugueses ocuparam as oito primeiras posições da geral à frente dos pilotos da 7 Race Series. Atrás de Diogo Costa entre os 420R Pro, terminaram esta corrida Gonçalo Lobo do Vale, André Correia, Bernardo Bello, António Nunes Almeida, Luís Lisboa, Duarte Lisboa, Nuno Santos, Paulo Costa, Paulo Macedo e Nuno Afonso. Na categoria 420R Gentleman, Nélson Gomes carimbou o seu 1º triunfo no Circuito de Jerez de La Frontera, recebendo a bandeirada de xadrez na dianteira de José Kol Almeida e de André Matos. Bertrand Rochout, Ricardo Pedrosa e Fernando Costaforam os 4º, 5º e 6º classificados desta classe.



Já nos 275R, destaque para Luís Filipe Oliveira, que voltou a ocupar o lugar mais alto do pódio e transformou-o no momento do dia pelas razões já referidas. O atual líder da competição, Francisco Figueiredo, acabou a prova no 2º posto, após mais uma grande batalha contra Pedro Lacerda, 3º. Miguel Couceiro, Frederico Brion Sanches, Paulo Duarte e Dominic Geary concluíram a classificação.



CORRIDA 2 Com os irmãos José Carlos e Nuno Pires a largarem das duas primeiras posições, a segunda corrida de Sábado contava, desde logo, com mais um aliciante em torno desta disputa familiar. Os dois pilotos da Speedy Motorsport arrancaram bem e inverteram as posições no início da prova, com vantagem para Nuno. Mas eram acompanhados por Diogo Tavares, Nuno Afonso, Paulo Macedo (que havia marcado o 3º tempo nos cronos) e Luís Calheiros Ferreira.



As primeiras voltas ficaram marcadas por esse amigável confronto e pela aproximação de Tavares ao duo da frente. Quando José Carlos Pires finalmente agarrou o comando à terceira passagem pela reta da meta, Nuno Pires caiu quase ao mesmo tempo para o 3º lugar, por troca com o piloto do Caterham #7 (Tavares). Com a corrida a ser marcada pela forte réplica dada pelos rivais e as batalhas imediatamente atrás a permanecerem ao rubro, estes lugares manter-se-iam inalterados até à 6.ª volta, momento em que Luís Calheiros Ferreira assumiu a 3.ª posição para não mais a largar. O piloto da CRM Motorsport (Calheiros Ferreira) ultrapassou Nuno Pires, relegando o adversário para o 4.º posto, e o bom andamento evidenciado ao longo do fim-de-semana foi recompensado com o troféu e a garrafa de champanhe correspondentes ao merecido resultado.


A fechar o lote dos cinco primeiros, J. J. Magalhães, que ficou a apenas 9 décimos de ser 2º e a 6 décimos de entrar no pódio. Diferenças mínimas que voltam a espelhar a enorme competitividade do Super Seven by Toyo Tires! Diogo Costa, Nuno Afonso, Gonçalo Lobo do Vale, Bernardo Bello, André Correia e Paulo Macedo completaram um top 11 preenchido inteiramente com as cores nacionais, enquanto António Nunes Almeida, Nuno Santos, Paulo Costa, Duarte Lisboa e Luís Maria Lisboa encerreram a classificação reservada aos 420R Pro.



Na classe 420R Gentleman, o triunfo voltou a sorrir a Nélson Gomes, agora à frente de Bertrand Rochout, André Matos (que repetiu igualmente o pódio obtido na Corrida 1), Ricardo Pedrosa, Fernando Costa e José Kol Almeida. Já na 275R, triunfo de Francisco Figueiredo, que lhe permitiu cimentar a liderança do campeonato nesta categoria, à frente de Pedro Lacerda e do regressado Bernardo Gonzalez — jornalista do programa GTI da TVI24. Uma última nota para os pilotos britânicos da 7 Race Series, que contribuíram e muito para o espetáculo vivido no traçado andaluz de Jerez de La Frontera. Tanto na Corrida 1 como na Corrida 2, os triunfos foram repartidos entre Mark Stansfield (420R) e Jamie Winrow (275R).



Marcadas para as 12:35 e as 15:10 deste Domingo, as Corridas 3 e 4 serão transmitidas em direto no canal de YouTube da CRM Motorsport e na página de Facebook do Super Seven by Toyo Tires. Todas as informações a respeito desta prova poderão ser consultadas nas redes sociais (facebook e instagram) do Super Seven by Toyo Tires (@supersevenbytoyotires). Programa Super Seven by Toyo Tires, Jerez de La Frontera, 6-7 Novembro 2021 Domingo 12:15-12:35: Corrida 3 15:10-15:30: Corrida 4






201 views0 comments