top of page
  • Writer's pictureCRM Motorsport

Tomás Guedes bisa em Jarama com Diogo Tavares a vencer a segunda corrida!






Tomás Guedes bisa em Jarama com Diogo Tavares a vencer a segunda corrida!


As melhores corridas do planeta iniciaram o seu programa desportivo no Jarama Classic. Com uma sessão única de qualificação e a primeira corrida das três agendadas para o fim de semana.


Parte das CRM Racing Series, o Super Seven by Toyo Tires ocupou o seu lugar no programa desportivo do Jarama Classic como “cabeça de cartaz”. A grelha dedicada aos Caterham 420R apoiados pela Toyo Tires, Auditiv, Gupe, Apple of Eden, HRX e Schuberth deu espetáculo no traçado espanhol.








Alex Areia o mais rápido na Qualificação.


Com apenas 15 minutos para marcarem o seu tempo mais rápido ao longo dos 3,4 km da pista de Madrid. Com o calor que se fazia sentir na tarde de sábado, os pilotos sabiam que teriam apenas uma volta para conseguir a “volta perfeita”, quem chegou mais perto foi Alex Areia (Speedy Motorsport), que na primeira tentativa, colocou o carro #71 no primeiro lugar da tabela. Logo atrás de si, e por apenas 19 milésimas de segundo, o experiente J.J. Magalhães do Team Nuoorte, o que fazia o muito público presente antever uma primeira corrida emocionante. No terceiro posto, Tomás Guedes (Speedy Motorsport), logo seguido por Gonçalo Lobo do Vale da BCM Sport. Nuno Afonso (ADESS) conseguiu ser o quinto mais veloz superando Sérgio Saraiva e António Correia ambos da Speedy Motorsport. Bernardo Bello, Diogo Tavares (ambos CRM Motorsport) e Francisco Villar completaram o TOP-10 que ficou separado por apenas 1,4 segundos.

Entre os 420R Gentleman, o mais rápido foi Guilherme dal Maso (CRM Motorsport) seguido de Paulo Costa e Duarte Lisboa ambos assistidos pelo Teaam Nuorte.








Tomás Guedes estreia-se a vencer de forma categórica


Não é novidade que as corridas do Super Seven by Toyo Tires são ponto principal de interesse no programa desportivo. E a primeira corrida do fim de semana não foi exceção mesmo com a hora tardia do começo, muito era o público presente nas bancadas do Circuito del Jarama.

Com o apagar do semáforo, os 26 carros presentes iniciaram uma corrida épica. Com inúmeras ultrapassagens volta após volta e ao longo de todo o pelotão. No arranque, quem teve a melhor reação ao semáforo foi Tomás Guedes (Speedy Motorsport) que “por fora” surpreendeu o seu companheiro de equipa Alex Areia e J.J. Magalhães e tomou a cabeceira do pelotão. Estes três pilotos iniciaram aqui uma titânica disputa pela liderança da corrida, onde todos eles lideraram múltiplas voltas. Mais atrás, começou-se a formar um “pequeno” pelotão composto por Gonçalo Lobo do Vale (BCM Sports), Bernardo Bello (CRM Motorsport), Diogo Tavares (CRM Motorsport), Sérgio Saraiva (Speedy Motorsport), António Correia (Speedy Motorsport), Lourenço Monteiro (Speedy Motorsport) e o Gentleman Guilherme dal Maso (CRM Motorsport) que abrilhantava ainda mais a primeira corrida do fim de semana.

Com a liderança confortável da categoria Gentleman nas mãos de Guilherme dal Maso, a atenção virava-se para o duelo entre Paulo Costa (Teaam Nuoorte), Duarte Lisboa (Teaam Nuoorte) e Bruno Knudsen (CRM Motorsport).


A três voltas do final da prova, Tomás Guedes conseguiu isolar-se na liderança e construir um fosso que o permitiu gerir o andamento e triunfar perante os milhares de espetadores presentes no Circuito de Jarama. J.J. Magalhães conseguiu defender as investidas de Alex Areia e subir ao lugar intermédio do pódio com o piloto da Speedy Motorsport (Areia) concluir o pódio dos 420R Pro.

Seguiram-se Diogo Tavares, Lourenço Monteiro, Bernardo Bello, David Saraiva, Gonçalo Lobo do Vale, António Correia, Diogo Costa, Nuno Afonso e Francisco Villar e Nélson Gomes concluíram a classificação. Ginho Rodrigues, João Pedro Campos Costa, João Aguiar-Branco e André Correia sofreram percalços mecânicos que os impossibilitaram de lutar pelos lugares cimeiros.


Nos 420R Gentleman, Guilherme dal Maso liderou confortavelmente durante toda a corrida, superando Bruno Knudsen e Duarte Lisboa pela conquista da vitória. Paulo Costa foi o quarto classificado na frente de Daniel Azevedo, Joel Reis e Fernando Costa. Ricardo Pedrosa sofreu um problema mecânico a 4 voltas do fim que o impossibilitou de concluir a corrida.








Diogo Tavares vence a segunda corrida


Com a primeira corrida já nos livros de história, o pelotão de 26 carros Caterham 420R estava focado nas corridas seguintes. Com a grelha inversa dos 10 primeiros classificados da corrida anterior, nada estava garantido para o Pole-Seatter Gonçalo Lobo do Vale. Como já foi comprovado, no Super Seven by Toyo Tires, arrancar na primeira posição não é sinónimo de vitória. Com o arranque começaram as constantes trocas de posições. Lobo do Vale e António Correia foram surpreendidos logo no arranque por Sérgio Saraiva e Lourenço Monteiro. No entanto era Diogo Tavares que impunha o ritmo mais forte, conseguindo chegar à liderança, no entanto a entrada do Safety Car veio baralhar as contas do piloto da CRM que agora tinha David Saraiva e Alex Areia muito perto de si e a pressionar a sua liderança. Contudo, Tavares conseguiu segurar o primeiro lugar deixando Saraiva e Areia no segundo e terceiro posto respetivamente. Seguiram-se Gonçalo Lobo do Vale, Nuno Afonso, Francisco Villar, Bernardo Bello, J.J. Magalhães e Diogo Costa que completavam o TOP-10. Tomás Guedes, que venceu a primeira corrida não teve a mesma “sorte” nesta segunda prova terminando no 11º posto. Atrás de si, Lourenço Monteiro e Ginho Rodrigues, João Aguiar-Branco, António Correia, André Correia completaram a classificação referente aos 420R Pro. João Pedro Campos Costa e Nélson Gomes foram forçados a abandonar a primeira corrida de Domingo.


Entre os 420R Gentleman, dal Maso bisava. O piloto da CRM Motorsport conseguia a dobradinha no traçado de Jarama. Seguiram-se Bruno Knudsen, Ricardo Pedrosa, Paulo Costa, Daniel Azevedo, Joel Reis e Fernando Costa que concluíam a classificação dos Gentlemans. Duarte Lisboa apenas conseguiu completar 3 voltas devido a problemas com o seu Caterham.









Tomás Guedes conquista a segunda vitória do fim de semana.



Como já é hábito no Super Sevn by Toyo Tires, a grelha de partida da terceira corrida é formada pelo resultado da corrida anterior com os dez primeiros classificados a serem invertidos. Para a última corrida do fim de semana com Diogo Costa a arrancar na primeira posição após ter terminado a corrida anterior no décimo lugar.

Bernardo Bello, que arrancava de quarto conseguiu surpreender tudo e todos e passar para a dianteira do pelotão, com David Saraiva no seu encalce e Alex Areia por muito perto assim como Nuno Afonso e Francisco Villar. No entanto na primeira volta da corrida, Gonçalo Lobo do Vale não evitou um contacto com Diogo Costa e J.J. Magalhães o que ditou o abandono prematuro dos três pilotos. Bernardo Bello resistia a todo o custo as investidas dos seus adversários, mas à quarta volta o piloto da CRM Motorsport entregou a liderança a Tomás Guedes que arrancara da décima primeira posição e que demonstrava um andamento muito superior aos seus adversários. Guedes assim que agarrou a primeira posição nunca mais a largou e mesmo com a entrada do Safety Car, devido ao despiste de João Pedro Campos Costa, o jovem da Speedy Motorsport conseguiu a sua segunda vitória no troféu monomarca, e também a segunda do fim de semana. No segundo lugar, David Saraiva conseguiu igualar o resultado do seu primo Sérgio. Seguiu-se Alex Areia que carimbava o terceiro pódio do fim de semana terminando na frente de Bernardo Bello, Diogo Tavares, Lourenço Monteiro, Nuno Afonso, Francisco Villar, João Aguiar-Branco e António Correia conquistava o décimo posto. Seguiram-se Ginho Rodrigues, André Correia, Nélson Gomes, João Pedro Campos Costa e Diogo Costa que completaram a classificação final dos 420R Pro.


Entre os Gentleman, Bruno Knudsen conquistou a tão desejada vitória. Knudsen conseguiu superar Ricardo Pedrosa e Duarte Lisboa pela conquista do lugar mais alto do pódio. No quarto lugar, da Speedy Motorsport, Daniel Azevedo que superava Joel Reis a apenas duas voltas do final da corrida. Piero dal Maso e Fernando Costa concluíram a classificação final dos 420R Gentleman na corrida final do fim de semana.


Para Tiago Raposo de Magalhães, CEO da CRM Motorsport: “Jarama e o Super Seven by Toyo Tires sempre foi um cocktail de sucesso, com sinónimo de Festa. Este fim de semana foi prova disso, os milhares de fãs presentes, assistiram a três emocionantes corridas onde, como de costume, o espetáculo foi garantido!

Regressaremos em Julho nos dias 22 e 23 no Racing Sound Fest, com muitas novidades e surpresas para todos os entusiastas de motores e não só.”



Sobre o SUPER SEVEN BY TOYO TIRES

Criado em 2009, o Super Seven by Toyo Tires é reconhecidamente o mais competitivo e emocionante Troféu monomarca do automobilismo nacional, e simultaneamente o de maior longevidade. Assenta em duas versões do icónico Caterham Seven (420R e 320R) e divide-se em três categorias (420R, 420R Gentleman e 320R) que partilham o mesmo espaço e tempo de pista, mas com pontuação autónoma e dedicada. Todos os eventos possuem duas sessões de treinos livres, duas sessões de treinos cronometrados de 15 minutos e três corridas com a duração de 20, 25 ou 30 minutos.


Sobre a CRM MOTORSPORT

Desde 2008 que a CRM Motorsport se dedica à preparação e construção de carros de competição, e à organização e promoção de campeonatos, troféus e eventos associados ao automobilismo. Sob a sua responsabilidade decorrem os troféus monomarca Super Seven by Toyo Tires, Carbon Neutral Cup e Legend Cars Iberian Series, os track-days Estoril Experience Day e Estoril Test Day, o fim-de-semana de corridas que celebra a velocidade nacional, o Estoril Racing Festival, e o mais recente Caterham Racing Festival.


17 views0 comments

留言


bottom of page